POEMA  

             Valdyce Ribeiro

Afasto os olhos dos prédios        

corro pelos campos imaginários

É bom andar sobre as nuvens

O céu é de tão difícil alcance...